Sintero apoia a Campanha pelo fim da violência contra a mulher -CNTE - SINTERO - Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia |

Sintero apoia a Campanha pelo fim da violência contra a mulher -CNTE

?16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher?

cnte, 13/12/2016 09h32

 Imprimir    Comentar
 (Foto: reprodução) Ampliar imagem:  (Foto: reprodução)
Foto: reprodução

Desde 2007, instituído pela Lei 11.489/07, no dia 6 de dezembro é celebrado o dia do “Laço Branco”, data que marca o dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O dia integra o calendário da “Campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, que iniciou no dia 25 de novembro e se encerra neste 10 de novembro.

A campanha começou após uma tragédia ocorrida em 1989, em Montreal, no Canadá. Um homem de 25 anos (Marc Lepine) invadiu uma escola politécnica canadense, ordenou que homens se retirassem, assassinou 14 mulheres e suicidou-se em seguida. A tragédia mobilizou canadense a criar a primeira campanha do Laço Branco. Entre 25 de novembro e 6 de dezembro daquele ano, foram distribuídos cerca de 100 mil laços entre os homens canadenses.

A CNTE apoia a campanha e convoca os trabalhadores em educação a se engajarem nesta luta. “Queremos chamar a atenção não só dos trabalhadores (as), mas de toda a sociedade para a importância de realizar denúncias no caso de violência contra a mulher”, ressaltou o presidente da CNTE, Roberto Leão.

Campanha dos 16 dias de ativismo.

Desde 2003, o Brasil participa da campanha mundial “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher”. Neste ano, o tema da campanha “Machismo. Já passou da hora” faz um alerta sobre pequenas atitudes do cotidiano que levam ao desrespeito à mulher. O objetivo é levantar o debate e a reflexão para diferentes formas de agressões e contextos que podem desencadear violências mais graves contra as mulheres.


A campanha foi desenvolvidas em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, que se posicionaram contrárias ao ditador Trujillo, ficando conhecidas como “Las Mariposas”, e sendo assassinadas em 1960, na República Dominicana.

Laço Branco

A Campanha Brasileira do Laço Branco tem por objetivo sensibilizar, envolver e mobilizar os homens em ações pelo fim de todas as formas de violência contra a mulher, atuando em consonância com as ações dos movimentos de mulheres, feministas e de outros movimentos organizados em prol da equidade de gênero e justiça social.

Durante os 16 Dias de Ativismo, a Campanha do Laço Branco participa distribuindo laços brancos para os homens que, ao aceitarem a fita, estão se comprometendo a combater a violência contra as mulheres em todas as suas formas.

No Brasil, a Campanha do Laço Branco é coordenada pela Rede de Homens pela Equidade de Gênero (RHEG), constituída por um conjunto de organizações não governamentais e núcleos acadêmicos.

comentários desta notícia

 

 
Enviar comentário

(A quantidade máxima é de 400 caracteres para seu comentário) Restam 400 caracteres

Ao enviar seu comentário você aceita o termo de conduta dos comentários.

Rua Rui Barbosa n. 713, bairro, Arigolandia – Porto Velho-RO, CEP: 76801-010
Fones:( 69) - 3217-3350/ 3217-3348/3353 – Fax: 3224-7798/3217-3351.
Fundado em 25 e 26 fevereiro de 1989 – CNPJ n. 34.476.176/0001-36 -476.176/0001-36.
Regionais: Apidiá; Café; Centro I; Centro II; Cone Sul; Da Mata; Estanho; Guaporé; Mamoré; Norte; Rio Machado;
   © 2017 Todos os direitos estão reservados | Sintero apoia a Campanha pelo fim da violência contra a mulher -CNTE - SINTERO - Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia |