Voltar 11 de Janeiro de 2018

Em reunião com Raupp, Sintero defende servidores na transposição


Em reunião realizada nesta quinta-feira, dia 11/01/2018, com o senador Valdir Raupp e com a deputada federal Marinha Raupp, a direção do Sintero defendeu a propositura de emenda à Medida Provisória nº 817 com a finalidade de dar aos servidores de Rondônia os mesmos direitos conferidos aos servidores de Roraima e do Amapá na transposição.

A reunião foi solicitada pelo Sintero na quarta-feira, dia 09/01, através de ofícios enviados à deputada federal Marinha Raupp e a todos os demais deputados federais e senadores que compõem a bancada federal de Rondônia.

Além da deputada federal e do senador, participaram da reunião o procurador do Estado, Luciano Alves; a superintendente da SEGEP, Helena Bezerra; o advogado Hélio Vieira; e os diretores do Sintero, Lionilda Simão (presidente), Dioneida Castoldi (secretária geral), Manoel Rodrigues da Silva (secretário de Finanças), Judith Campos (secretária de Assuntos Jurídicos), Nereu Klosinski (secretário de Aposentados) e Sandro Luiz Ascuy de Oliveira (secretário de Imprensa).

A presidente do Sintero, Lionilda Simão, fez uma breve explanação acerca da situação da transposição, destacando que os trabalhos ficaram mais lentos na gestão Temer, que a Medida Provisória 817 não atende aos trabalhadores em educação de Rondônia na regulamentação da Emenda Constitucional 60 e que, embora as emendas constitucionais da transposição de Roraima e do Amapá tenham sido elaboradas com base na EC 60, aqueles servidores adquiriram mais direitos do que os servidores de Rondônia.

O senador e a deputada federal expuseram as dificuldades enfrentadas em Brasília no ano de 2017, quando foi elaborada a Medida Provisória 817, e disseram que a luta precisa continuar com o apoio de todos. O advogado Hélio Vieira disse que a partir de uma leitura criteriosa da Medida Provisória é possível contemplar os servidores de Rondônia com emenda. O ex-presidente do Sintero e atual secretário de finanças, Manoel Rodrigues da Silva, destacou que na gestão Temer a comissão da transposição no Ministério do Planejamento foi desfeita, e a partir de então, os sindicatos não tiveram mais acesso às informações precisas. Já o secretário de aposentados do Sintero, Nereu Klosinski, defendeu a elaboração de uma redação para subsidiar a apresentação de emenda à Medida Provisória.

Depois de ouvir todas as ponderações e a proposta apresentada pela presidente do Sintero, o senador Valdir Raupp disse que ainda neste mês de janeiro vai trabalhar na elaboração de emenda à Medida Provisória 817 e buscar o apoio dos demais parlamentares para sua aprovação logo depois do recesso, visando garantir expressamente a inclusão dos aposentados e pensionistas, dos que já estavam no governo antes de 1987 e prestaram concurso para o mesmo cargo ou cargo equivalente e para aqueles que tiveram o requerimento indeferido por divergência na escolaridade.

 


6 Comentários

  • MARLENE ALVES DE MIRANDA
    14 de Fevereiro de 2018

    e nós que fomos contratados em junho de 1988 ? como é que ficamos gostaria de saber temos alguma esperança?

    Sintero
    Resposta do Sintero
    21 de Fevereiro de 2018

    Foi judicializado. A ação está em andamento na justiça federal.

  • Ivonete
    29 de Janeiro de 2018

    Alguém tire minha dúvida por favor.... Os aposentados que sairam como indeferidos na lista e são do ano de 1984 nível de escolaridade baixo têm a possibilidade de ser transposto? Pergunto isto, pois a palavra do Senador me fez entender desta maneira, estou certa? Agradeço!

    Sintero
    Resposta do Sintero
    30 de Maio de 2018

    Sim, A Medida Provisória 817 com as emendas propostas pelo Sintero incluem os aposentados e pensionistas

  • waldir luiz ferrari
    22 de Janeiro de 2018

    ola chara vc tem que lembrar dos aposentados dos anos óitanta que vc era elétresista de caminhão velho e vc saiu candidato a verraídor que começarom a sua careira politica e sempre te a-companharom forom os os aposentados de hoje olhe parra atras que vc esta a onde vc esta e atraveis deles

  • Pedro Dias Guimarães
    17 de Janeiro de 2018

    Muito bom, mas é necessário garantir expressamente os direitos dos aposentados e pensionistas que foram contratados até 1987, conforme EC nº 60.

  • Renaldo Batista Guedes
    17 de Janeiro de 2018

    Bom dia! o Sintero é um sindicato extraordinário,pois tem lutado incessantemente pelo trabalhador principalmente em Educação.Existem um pessoal que trabalhou no Estado de Rondônia no período de sua constituição a Estado,que são o pessoal que entraram no PDV de FHC nos de 1997,1999 e 2000.Gostaria de saber se OS PDVISTAS ENTRAM caso a MP seja dos mesmos moldes do Amapá e Roraima.

    Sintero
    Resposta do Sintero
    16 de Junho de 2018

    É preciso verificar a situação de cada caso.

  • gelson de medeiros
    12 de Janeiro de 2018

    Precisamos exigir urgentemente um tratamento de igualdade entre os Estados Federados. conforme prevê a CF. Talvez pela PEC 303\2017. Pois é uma tremenda injustiça o que estão fazendo com o pessoal contratado entre 15\03\1987 e 31\12\1991, prazo prescrito onde ocorreu a efetivas instalação de nosso querido Estado , conforme a redação sancionada da esdrúxula EC 60.

Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

CNTE
Educação Pública EU APOIO
CUT
FNDE