Voltar 19 de Agosto de 2019

TRANSPOSIÇÃO: Novos servidores tiveram seus processos deferidos pela CEEXT


A Comissão Especial dos Ex-Territórios de Rondônia, Amapá e Roraima (CEEXT), publicou as Atas nº 11 e 12, deferindo novos processos de servidores de Rondônia.

Destaca-se que esses servidores não passarão ao quadro federal de forma imediata, uma vez que é necessário a expedição da Portaria de Enquadramento, feita pela Superintendência de Administração do Ministério do Planejamento (Samp).

Confira as Atas no link abaixo:

http://www.planejamento.gov.br/assuntos/comissao-ex-territorios/atas-1/2019/atas-da-1a-camara-de-julgamento


8 Comentários

  • José Maria alfaia pacheco
    04 de Setembro de 2019

    Mesmo com o veto do ex presidente teme,vamos ter nossos processos analisados ou não?

    Sintero
    Resposta do Sintero
    09 de Setembro de 2019

    Qual sua situação? Pois, os servidores contratados até 15 de março de 1987, possuem o direito à Transposição, conforme o Decreto nº 9.823 que regulamenta a Lei 13.681.

  • MARIA APARECIDA DE LIMA DA CRUZ
    30 de Agosto de 2019

    preciso saber sobre a lista dos pensionistas e aposentados pq não consigo saber sobre a transposição de MARIA APARECIDA DE LIMA DA CRUZ? ME ENVIE A LISTA POR FAVOR.

    Sintero
    Resposta do Sintero
    09 de Setembro de 2019

    Olá, dirija-se a sede administrativa ou qualquer Regional do Sintero para obter informações mais detalhadas.

  • MARIA APARECIDA DE LIMA DA CRUZ
    30 de Agosto de 2019

    já enviei as documentações, porém foi prorrogado o prazo de envio de documentações do pensionista, mas não me enviaram o numero do protocolo, vcs podem me enviar o numero do protocolo para eu acompanhar meu processo

    Sintero
    Resposta do Sintero
    09 de Setembro de 2019

    Olá, dirija-se a sede administrativa ou qualquer Regional do Sintero para obter informações mais detalhadas.

  • JOEL SOUSA DA CUNHA
    29 de Agosto de 2019

    Tem previsão de quandoa expedição da portaria do enquadramento?

    Sintero
    Resposta do Sintero
    09 de Setembro de 2019

    Infelizmente não temos. Porém, vamos publicar essas Portarias no site do Sintero. Continue acompanhando.

  • edna de souza cruz
    22 de Agosto de 2019

    Gostaria de saber qual o link que analiso meu processo de transposição.

    Sintero
    Resposta do Sintero
    09 de Setembro de 2019

    Você pode verificar as Atas com deferimentos e indeferimentos nesse link: http://www.planejamento.gov.br/assuntos/comissao-ex-territorios/atas-1/2019/atas-da-1a-camara-de-julgamento

  • Dolores Santana
    21 de Agosto de 2019

    Qual próximo passo agora? O que devo aguardar, uma vez encaminhadas toda a documentação?

    Sintero
    Resposta do Sintero
    22 de Agosto de 2019

    Deve aguardar a análise dos processos pela Comissão Especial dos Ex-Territórios. As Atas com deferimentos dos processos são publicadas pelo Sintero. Por isso, continue acompanhando o site.

  • Lauricelia Soares do nascimento
    21 de Agosto de 2019

    Bom dia,os processos que foram revistos todos foram deferidos ou teve indeferidos,pois estou aguardando meu nome e até agora não saiu de jeito nenhum.Aguardo resposta.

    Sintero
    Resposta do Sintero
    22 de Agosto de 2019

    Deve aguardar a análise dos processos pela Comissão Especial dos Ex-Territórios. As Atas com deferimentos dos processos são publicadas pelo Sintero. Por isso, continue acompanhando o site.

  • Valentina
    20 de Agosto de 2019

    Tem previsão de quandoa expedição da portaria do enquadramento?

    Sintero
    Resposta do Sintero
    22 de Agosto de 2019

    O TCU revogou a medida cautelar que suspendia a publicação de enquadramento de novos servidores no quadro da União. Confira a matéria completa pelo link: http://www.sintero.org.br/noticias/geral/transposicao-tcu-revoga-medida-cautelar-que-suspendia-a-publicacao-de-enquadramento-de-novos-servidores-no-quadro-da-uniao-/1713

Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

CNTE
Educação Pública EU APOIO
CUT
FNDE